Cessão do prédio histórico da Praça Frei Baraúna ao Município de Sorocaba é oficializada pelo Governo do Estado

PORTAL RMSNEWS.COM.BR

O prédio histórico da Praça Frei Baraúna, espaço onde já funcionou a Oficina Cultural Regional Grande Otelo, foi oficialmente cedido ao Município de Sorocaba, pelo Governo do Estado, por meio do decreto estadual nº 66.339, de 15 de dezembro de 2021, publicado no Diário Oficial, nesta quinta-feira (17), autorizando a permissão de uso, por tempo indeterminado.

A conquista foi muito comemorada pelo prefeito Rodrigo Manga. “Essa é uma vitória da cidade e de toda a nossa população. Desde janeiro deste ano, estamos buscando a melhor solução, junto ao Governo do Estado, para devolver aos sorocabanos esse importante patrimônio histórico, que, há tantos anos, está abandonado. Agradeço o empenho e a intermediação da deputada estadual Maria Lúcia Amary junto ao Governo do Estado”, destaca.

Com uma área total de 1.300 metros quadrados, o casarão será utilizado para as áreas da Cultura e da Educação. Uma comissão formada por secretários municipais, liderada pelo secretário da Cultura (Secult), Luiz Antonio Zamuner, vai tratar e definir, de forma coletiva, qual será a utilização e quem vai gerenciar o espaço, para servir, da melhor maneira, a população.

Para isso, primeiramente, a Prefeitura de Sorocaba vai buscar recursos junto à iniciativa privada para a dar início à revitalização do imóvel e também da Praça Frei Baraúna. A expectativa é que, após o início das obras, os serviços no imóvel sejam concluídos em oito meses. A Praça Frei Baraúna, que, neste momento, está toda iluminada e decorada especialmente para o Natal, ganhará serviços de paisagismo, melhorias no piso e nos bancos, além da substituição das lâmpadas de vapor de sódio da iluminação pública por lâmpadas de LED, promovendo eficiência energética e economia.

Histórico do casarão

Construído em 1940 para abrigar o Fórum da Comarca de Sorocaba, o imóvel foi tombado em 2012, pelo Conselho Municipal de Defesa do Patrimônio Histórico de Sorocaba (CMDP), com grau de preservação 1, por meio do decreto nº 20.334, de 13 de dezembro de 2012, e pelo Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo), em 2018.

Em 1994, foi transformado pelo Governo Estadual em Oficina Cultural. O nome da unidade homenageia o ator cômico Grande Otelo (Sebastião Bernardes de Souza Prata), famoso pela parceria com Oscarito na época de ouro das chanchadas. A unidade teve sede no espaço até 2014, quando, então, teve início a obra de restauro, que teve que ser interrompida em 2015.

VEJA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PREMIO MELHORES DE 2021
RMS NEWS SHOPPING

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist