Famílias atingidas pelo transbordamento do córrego do Itanguá recebem auxílio-moradia

PORTAL RMSNEWS.COM.BR

Doze famílias que moravam no Jardim Itapemirim e no Jardim Marly e tiveram seus imóveis atingidos, com o transbordamento do córrego do Itanguá, no dia 31 de dezembro do ano passado, em função das fortes chuvas que ocorreram na cidade, estão recebendo o auxílio-moradia concedido pela Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Cidadania (Secid).

Na ocasião, o prefeito Rodrigo Manga visitou os bairros para constatar pessoalmente a situação provocada pelas chuvas e verificar as necessidades urgentes dos moradores. Na sequência, secretários municipais se reuniram com as famílias para definir os próximos passos e dar prosseguimento a todas as medidas possíveis e necessárias.

O auxílio-moradia emergencial a desabrigados é um benefício eventual concedido às famílias em situação de vulnerabilidade, moradoras da cidade, por meio da Lei Municipal nº 11.210/15. Com isso, o Poder Executivo proporciona aos munícipes que eventualmente necessitem o benefício no valor de R$ 600, por mês, durante seis meses, com a possibilidade de mais duas prorrogações de seis meses.

“A concessão do auxílio-moradia está permitindo que essas famílias possam seguir com mais tranquilidade e seus direitos garantidos, após um momento tão difícil”, destaca o secretário da Cidadania, Clayton Lustosa. As famílias atendidas já estão residindo em um novo imóvel alugado, por meio do auxílio municipal.

O próximo passo será verificar como o Poder Público pode amparar legalmente essas famílias também nos seus direitos de moradia definitiva.

Na época, após os alagamentos nas casas, as famílias atingidas foram abrigadas, de forma emergencial, pela Prefeitura de Sorocaba. No total, foram encaminhadas para abrigos temporários 11 pessoas, sendo sete homens (seis adultos e uma criança) e quatro mulheres. Inicialmente, os homens foram acolhidos na Escola Municipal “Lea Edy Alonso Saliba” e as mulheres e a criança, no Momunes (Movimento de Mulheres Negras de Sorocaba). Dias depois, duas famílias preferiram ficar abrigadas, juntas, na escola.

Além de todas essas providências, o Fundo Social de Solidariedade (FSS) também ficou encarregado de buscar doações para atender as necessidades específicas de cada família, uma vez que algumas chegaram a perder móveis e eletrodomésticos, em decorrência das chuvas. As famílias receberam cestas básicas, roupas, móveis seminovos em bom estado, além de colchões e cobertores, em um movimento solidário amplo e amoroso em prol das famílias atingidas.

VEJA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PREMIO MELHORES DE 2021
RMS NEWS SHOPPING

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist