Mutirão da Saúde terá 37,8 mil exames com o GPACI para demandas represadas

PORTAL RMSNEWS.COM.BR

A Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Saúde (SES), formalizou, na tarde desta terça-feira (31), uma parceria com o GPACI para a realização de mais exames pelo Mutirão da Saúde, totalizando 37,8 mil para atender demandas que estão represadas há anos na cidade.

Os exames a serem ofertados são: tomografia computadorizada, ecocardiograma, ultrassonografia, eletroencefalograma, angiotomografia, Raio X e ressonância magnética, no prazo de até 12 meses. O termo de convênio, aumentando o número de exames disponibilizados, foi firmado com o GPACI a partir de emenda parlamentar enviada ao Município pelo deputado federal Capitão Derrite.

O prefeito Rodrigo Manga comemorou mais essa conquista para a cidade. “É nossa prioridade oferecer serviços de saúde com cada vez mais qualidade à população. Esses exames chegam para atender especialidades que estavam represadas há anos”, disse.

“É muito importante essa parceria com uma instituição tão séria e competente como o GPACI. Quem ganha com tudo isso é o cidadão sorocabano”, destacou o secretário da Saúde, Dr. Cláudio Pompeo.

Para a presidente do Conselho Administrativo do GPACI, Maria Lúcia Neiva de Lima, os novos exames chegam para atender os pacientes em um momento muito oportuno. “Ampliar a oferta de exames é sempre muito importante, ainda mais nesta época mais fria do ano. Esperamos que essa parceria com a Prefeitura perdure e cresça cada vez mais para atender com excelência a população”, salientou.

Também estiveram presentes no ato de formalização do termo de convênio a secretária de Governo (Segov), Samyra Toledo, que coordenou as tratativas com o GPACI, e o administrador-geral da entidade, Ricardo Diacov.

2ª fase do mutirão

As avaliações para cirurgias oftalmológicas referentes à catarata, que atenderão 701 pessoas, começaram na quinta-feira (26 de maio) e terão força-tarefa de triagem a partir do próximo dia 7 de junho. A demanda será 100% atendida, zerando essa fila no município. Ainda no setor de oftalmologia, serão realizados mais 341 procedimentos médicos de estrabismo. Serão iniciadas também cerca de 500 cirurgias para vesícula e mais de 1.000 cirurgias de hérnia.

Somente no mês de maio, foram ofertados 3.579 procedimentos pelo mutirão, entre exames de ultrassom e ressonância magnética, consultas em diversas especialidades e pequenas cirurgias, totalizando mais de 2.500 atendimentos a pacientes que estavam em fila. Foram realizados também 994 atendimentos oftalmológicos e 900 tratamentos endodônticos. O absenteísmo médio dos pacientes às ofertas de procedimentos é de cerca de 30%, apesar dos esforços das equipes da saúde para contatos e confirmações de agendamento.

As ações do Mutirão da Saúde, que tiveram início no dia 18 de fevereiro, já reduziram, na primeira etapa, para zero, a demanda de pacientes que aguardavam a litotripsia a laser (lico laser). Até o momento, foram ofertados mais de 18 mil procedimentos à população, entre consultas, exames e pequenas cirurgias, com cerca de 13.500 atendimentos. Foram realizadas, ainda, em março deste ano, 194 cirurgias bucais na Policlínica Municipal “Edward Maluf”.

VEJA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PREMIO MELHORES DE 2021
RMS NEWS SHOPPING

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist