“Operação Ferro-velho” interdita estabelecimento no Jardim Piratininga e notifica outros dois

PORTAL RMSNEWS.COM.BR

Mais uma ação da “Operação Ferro-velho” foi realizada na cidade de Sorocaba, desta vez na manhã de hoje, terça-feira (3). Três estabelecimentos foram vistoriados e um deles, no Jardim Piratininga, foi multado e interditado. Este último, na ação de fiscalização de ontem (2), já tinha sido notificado pela Prefeitura e teve constatada prática de crime de receptação de materiais furtados.

Os outros dois pontos, um na Vila Rica e outro no Jardim Faculdade, foram notificados, devido a irregularidades administrativas. Durante as abordagens, um homem, que era procurado pela Justiça, também foi preso.

A operação integrada reuniu oito Guardas Civis Municipais (GCMs), oito Policiais Militares (PMs) e 16 agentes da Prefeitura de Sorocaba, dos setores de Fiscalização, da Secretaria de Urbanismo e Licenciamento (Seurb); da Zoonoses, da Secretaria da Saúde (SES); e da Secretaria de Serviços Públicos e Obras (Serpo). A coordenação coube à Secretaria do Gabinete Central do Executivo.

Simultaneamente, as equipes vistoriaram os três pontos nesta terça-feira. A autuação e interdição do ferro-velho localizado no Jardim Piratininga ocorreu por desvio de finalidade, uma vez que, na segunda-feira (2), o responsável e mais um funcionário do estabelecimento foram indiciados e presos por receptação. Naquela ocasião, mais de 150 quilos de fiação e outros objetos, todos sem procedência, foram apreendidos no local.

“Em virtude dos materiais apreendidos, confirmou-se o desvio de finalidade, pois o local era usado para receptação de material ilícito. Voltamos para dar continuidade à ação, pois, no dia anterior, a única ação que coube legalmente foi a notificação para encerrar as atividades temporariamente, pois operava sem nota fiscal ou livro contábil para discriminar compras e vendas”, explica Juliana Souza, chefe da Seção de Fiscalização de Publicidade e Propaganda da Seurb.

Os responsáveis pelos outros dois estabelecimentos vistoriados foram notificados e orientados pela Seurb, sobre resoluções e leis que disciplinam o funcionamento do comércio, assim como pela Serpo, quanto à falta de projeto das instalações. Agentes da Zoonoses fizeram a dedetização do espaço, devido à constatação de recipientes com água parada, em ambos os endereços.

Durante a operação, ao todo, 21 pessoas foram abordadas pela PM, para averiguação. O homem que foi preso em flagrante, de 37 anos de idade, era procurado por não pagamento de pensão alimentícia e estava no estabelecimento localizado no Jardim Faculdade. Ele foi encaminhado à Delegacia Participativa de Polícia (DPP) da Zona Norte.

Ainda durante a operação, em uma área verde nas proximidades desse último local fiscalizado, a equipe da Saúde identificou um homem, de 45 anos, com sintomas de tuberculose, que foi encaminhado pelo Samu à Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do Éden, para receber os devidos cuidados médicos.

“Mais operações, como essa, continuarão sendo realizadas em determinados pontos da cidade, como forma de combater a venda de materiais ilícitos oriundos de furto e o crime de receptação, bem como para identificar outras irregularidades, tanto do ponto de vista criminal, como administrativo”, alerta João Alberto Corrêa Maia, secretário da Secretaria do Gabinete Central.

VEJA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PREMIO MELHORES DE 2021
RMS NEWS SHOPPING

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist